Currículo para primeiro emprego pronto para editar

Você é um jovem que acabou de sair da escola e nunca trabalhou, mas quer entrar no mercado de trabalho.

Fazer um currículo quando você não tem experiência é difícil.

Mas, não se preocupe.

Estou aqui para te ajudar..

Baixe grátis este modelo de currículo para primeiro emprego e preencha com os seus dados.

O que colocar no currículo para primeiro emprego?

Para fazer um bom CV para primeiro emprego, você deve fazer uma pesquisa sobre a empresa, a forma como ela trabalha e sua filosofia, procurando a melhor forma de você se encaixar nela.

1. Comece com os seus dados de contato

No seu currículo para primeiro emprego, você deve destacar seus dados de contato.

É básico sim, mas você não tem ideia de quantos currículos sem dados de contato eu recebo…

Se você deseja ser contatado, é óbvio que um número de celular e um endereço de email não podem faltar.

2. Defina um objetivo profissional

O objetivo de currículo é uma breve declaração pessoal que você coloca no seu currículo logo abaixo dos dados de contato.

É onde você mostra sua motivação para trabalhar na empresa.

Por exemplo:

Graduado em informática pela Universidade Eduardo Mondlane, possuo bons conhecimentos no desenvolvimento de aplicações web, usando framework como Django e Rails. Busco um estágio profissional na Técnica PC como desenvolvedor web, porque acredito que é o melhor lugar para eu demonstrar meu talento e pôr em prática os conhecimentos adquiridos na faculdade.

3. Destaque a sua formação académica

Depois do objetivo profissional, está na hora de você colocar a sua formação académica.

É aqui onde você deve mostrar que, mesmo que lhe falte experiência profissional, você teve a formação necessária para ocupar a vaga em questão.

Liste todos os diplomas que você obteve ou quaisquer diplomas que está cursando atualmente. Se você parou de ir à escola antes de obter um diploma, pode listar os créditos ou horas que completou.

Para cada diploma, liste a escola, a localização, o seu diploma, a sua área de estudo e as datas em que frequentou.

Vejamos alguns exemplos:

“Conclusão do ensino médio na Escola Secundária da Matola, (Março de 2019)”

“Técnica de Farmácia, Instituto de Ciências de Saúde de Infulene (Maio de 2019)”

“Licenciatura em Gestão de Empresas, Universidade do Porto, (atualmente a frequentar o 4º ano. Conclusão prevista para Dezembro de 2019)”

4. Procure qualquer experiência

Você acha que não tem experiência profissional, mas talvez cavando um pouco você encontre alguns dias ou algumas semanas de trabalho.

Não os negligencie porque eles podem fazer a diferença.

Pense bem: você fez estágios durante a sua formação?

Você trabalhou alguns dias durante suas férias?

Você prestou serviço cívico?

Você verá que descobrirá experiências profissionais que, mesmo que não sejam muito longas, podem ser importantes apenas para mostrar que você é alguém que tem valores e que é corajoso.

No entanto, se você não tem nenhuma experiência para colocar no seu currículo, não há problemas, você pode pular esta seção.

Como recém-formado a procura do seu primeiro emprego, seus pontos fortes são sua formação e as suas habilidades que podem ser úteis para a empresa, não a sua experiência profissional.

5. Concentre-se nas suas habilidades

Sendo que você esta a procura do seu primeiro emprego, em vez de você se concentrar na experiência de trabalho, é melhor focar nas habilidades que você desenvolveu durante a sua formação.

O que você pode fazer bem que esse trabalho exige?

O que você fez na escola e o que estudou que o preparou para assumir este trabalho?

Portanto, comece fazendo uma lista:

Escreva as habilidades específicas que você adquiriu, como o uso de computadores, trabalho em equipe, uso de programas de computador como Word, Excel, Photoshop, etc.

Não tenha medo de listar habilidades que você não usou num ambiente profissional.

Se você aprendeu na escola ou se praticou essas habilidades durante uma atividade extracurricular, liste-os!

Apenas certifique-se de ser honesto durante a entrevista sobre seu nível de competência.

6. Cursos e seminários no seu currículo para primeiro emprego

Se durante a sua formação você fez alguns cursos (presenciais ou online), aqui está o espaço perfeito para colocar essas informações.

No entanto, é importante que sejam cursos ou workshops que enriqueçam o seu CV, se não contribuírem em nada, esqueça de incluí-los.

Modelo de currículo para primeiro emprego pronto para editar

currículo para quem não tem experiencia profissional

Você pode estar interessado