Currículo para primeiro emprego: Saiba como fazer o seu

Como fazer um currículo quando você não tem experiência
Como fazer um currículo quando você não tem experiência

Quem busca o primeiro emprego provavelmente não tem experiência profissional para colocar no currículo.

E aí, o que fazer?

Não se preocupe.

Mesmo não tendo nenhuma experiência profissional é possível fazer um bom currículo que chame a atenção do recrutador.

A seguir vou explicar como fazer um bom currículo, mesmo não tendo nenhuma experiência profissional, de forma simples, objetiva e que gere interesse para entrevistas.

1- Comece pelas informações pessoais

A primeira informação que vem num currículo seja para o primeiro emprego ou não, são os dados pessoais.

Os dados pessoais que você deve colocar no currículo são: nome completo, idade, endereço e contactos (telefones e endereço eletrônico).

2- Defina um objetivo profissional

O segundo campo muito importante a ser preenchido no currículo para primeiro emprego, tem haver com o objetivo profissional.

Ao escrever o seu objectivo profissional, mostre em poucas linhas quais são os seus interesses e objetivos, adaptando-os a cada vaga de emprego. O importante é não acabar escrevendo uma lista na qual você apenas expressa suas aspirações e desejos.

Comece pensando em quem você é realmente bom, quais são suas qualidades e aptidões, o que há na sua formação que o qualifica para esse trabalho e quais habilidades fazem de você a pessoa certa. Por outro lado, pense no motivo que o leva a se candidatar a esse emprego e como isso o ajudará a realizar suas aspirações.

Em um ou dois parágrafos, explique ao seu futuro empregador o que você pode fazer por ele, como forma de atingir seus objetivos de carreira.

Porque colocar o objetivo profissional no currículo para primeiro emprego?

Colocar o objetivo profissional no currículo para primeiro emprego, mostra ao empregador que você sabe o que quer.

Mas, apesar de ser essa uma das informações mais cruciais em um currículo, deve manter-se curto, sem redundância, com dimensões de uma a duas linhas apenas.

Com poucas palavras, você deve deixar bem claro para o empregador, qual é o seu objetivo ao tentar ser empregado.

Vejamos alguns exemplos:

“Mesmo sendo minha primeira oportunidade profissional, como já tenho experiência em lidar com pessoas, poderei exercer bem a minha função e garantir um bom relacionamento humano dentro da empresa.”

“Como estudante de design de moda, posso aconselhar clientes do ABCD na escolha das roupas certas. Quero colocar minhas habilidades de comunicação em prática no atendimento aos clientes e trabalhar em equipa com os colegas”

“Tenho, entre as minhas principais características, o dom da comunicação, portanto, mesmo ainda sem experiência, tenho a inclinação e o potencial necessário, para fazer um bom trabalho nessa área em que busco um cargo.”

Portanto, como a sua carreira está iniciando, evite colocar o cargo pretendido. Pense que, numa mesma área de atuação, existe mais de um cargo.

Frases que você não deve colocar no objetivo profissional

Quero melhorar os meus conhecimentos“, deixa as coisas um tanto vagas demais.

Posso atuar em qualquer área que a empresa desejar“, por si só, é um atestado de falta de objetivo.

Não caia na clássica “estou à procura de novos desafios“, muito menos na de que “gostaria de uma vaga em sua prestigiada empresa”. Não queira parecer um mero aventureiro ou um puxa-saco.

3- Destaque a sua formação académica

No campo de formação académica, deve ser informado o último grau de escolaridade, ou seja, não inclua o ensino médio, a menos que você não tenha frequentado a faculdade.

Aqui estão os principais campos para incluir na sua seção de formação académica: nome do curso, da instituição, data da conclusão ou previsão de término (mês, ano).

Vejamos alguns exemplos:

“Conclusão do ensino médio na Escola Secundária da Matola, (Março de 2019)”

“Licenciatura em Recursos Humanos pela Universidade Eduardo Mondlane (Junho de 2019)”

“Técnica de Farmácia, Instituto de Ciências de Saúde de Infulene (Maio de 2019)”

“Licenciatura em Gestão de Empresas, Universidade do Porto, (atualmente a frequentar o 4º ano. Conclusão prevista para Dezembro de 2019)”

4- Destaque sua experiência com trabalhos informais, estágios e outras experiências

Um empregador não está apenas olhando o que você fez, mas o que você pode fazer.

Você precisa convencê-lo de que é capaz de assumir o cargo. Coloque todos os trabalhos informais, estágios ou pequenos serviços que fez.

Se você é recém-formado e já teve experiência de trabalho informal na empresa de um amigo ou parente, mesmo que por pouco tempo. Esta informação deve constar no seu CV.

Mas, se você não tem nenhum tipo de experiência profissional, nunca estagiou, nunca praticou o voluntariado e nunca fez nenhum serviço, substitua o campo “experiência profissional” pelas suas qualificações profissionais, habilidades e conhecimentos que você acumulou ao longo dos anos.

5- Concentre-se nas suas habilidades

Sendo que você esta a procura do seu primeiro emprego, em vez de você se concentrar na experiência de trabalho, é melhor focar nas habilidades que você desenvolveu durante a sua formação.

O que você pode fazer bem que esse trabalho exige?

O que você fez na escola e o que estudou que o preparou para assumir este trabalho?

Portanto, comece fazendo uma lista:

Escreva as habilidades específicas que você adquiriu, como o uso de computadores, trabalho em equipe, uso de programas de computador como Word, Excel, Photoshop, etc.

6- Faça uma lista de suas realizações 

Qualquer resultado positivo que tenha obtido ao longo da sua carreira e que beneficie a empresa, organização ou escola onde desenvolveu a sua atividade, é considerado uma conquista. Portanto, faça uma lista e inclua suas realizações pessoais e académicas, sendo concreto e quantificando os resultados.

Depois de ter sua própria lista, filtre as conquistas que estão mais relacionadas à posição para a qual deseja se candidatar, essas são as que você deve incluir em seu currículo, colocando as mais importantes primeiro.

7- Voluntariado, atividades extracurriculares 

Se realizou atividades em grupo de pesquisa, grupos de estudo, etc. Você pode adicionar a posição que ocupou e quais foram suas funções

Adicione atividades extracurriculares que agreguem valor ao seu currículo e estejam relacionadas ao emprego para o qual você está se candidatando.

Dicas

Certifique-se de dar uma olhada final no currículo em busca de erros. Você pode até mostrar para um professor, um amigo ou um membro da família.

Personalize-o para cada uma das empresas em que se candidatar, cada cargo tem as suas necessidades e cada empresa a sua cultura. Não cometa o erro de enviar dezenas de cópias do mesmo CV para empresas diferentes.

Espero que nossas dicas tenham lhe sido úteis e que você realmente consiga fazer o seu currículo mesmo sem ter experiência profissional.

Se tem alguma dica a mais de como escrever um bom currículo para o primeiro emprego, por favor, nos diga nos comentários, vai ser muito útil aos outros leitores.

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here