4 Modelos de currículo para pessoas sem experiência profissional

Publicado por | 19 Agosto, 2018 | Curriculum Vitae

A velha pegada: eu preciso de um emprego para ganhar experiência, mas preciso de experiência para conseguir um emprego. De qualquer maneira, você precisa de um currículo, e o que você não precisa é entrar em pânico. Só porque você acabou de terminar o ensino geral ou ainda é estudante e não tem experiência profissional, não significa que você não pode fazer um currículo profissional.

Como você escreve um Curriculum Vitae o sem experiência profissional?

Confira passo a passo como estruturar o seu currículo de acordo com os tópicos abaixo:

1. Dados pessoais

O primeiro passo é colocar seus dados pessoais, seu nome completo, email, data de nascimento, morada e seus dados de contacto.

Coloque pelo menos dois números de telefone, assim caso o seu número esteja incontactável a outra pessoal poderá atender.

Evite colocar o seu número de BI.

2. Área de actuação

Logo abaixo dos dados pessoais, é preciso citar a sua área de interesse. (área de actuação). Por exemplo, se você quer actuar na área de “recursos humanos”, escreva apenas “Recursos Humanos”. Evite colocar mais de uma área de actuação no mesmo currículo.

3. Formação Acadêmica

Coloque aqui a sua formação acadêmica, Exemplos:

Concluiu a 12ª Classe na Escola Secundária Josina Machel em 2017

Curso técnico médio de Contabilidade e Gestão no Instituto Comercial de Maputo (2017)

4. Experiência profissional

Para quem busca o seu primeiro emprego, deve ressaltar as actividades da igreja, estágios, trabalhos voluntários, projectos individuais e coletivos na escola. Exemplo:

Participei da feira de ciências e tecnologia, onde fui líder do grupo da minha faculdade;

Ajudei no programa de jovens de minha igreja, aumentando o número de membros de minha congregação;

Representei a minha escola nas Olimpíadas de Matemática em Lisboa, onde fiquei em 2° lugar.

5. Habilidades e competências

Só porque você não tem experiência profissional, não significa que você não tenha nenhuma habilidade relevante. Liste as habilidades que você aprendeu em tarefas domésticas, escolares e da Igreja, como limpar a garagem (organização) ou praticar esportes (trabalho em equipe).

Veja a seguir alguns exemplos de habilidades e competências que poderá colocar no seu currículo:

  • Bons conhecimentos de informática na óptica de utilizador (Word, Excel e internet);
  • Grande facilidade para trabalhar em equipe;
  • Capacidade de comunicação e relacionamento interpessoal;
  • Colaboração e cooperação com os outros;
  • Capacidade de trabalho individual e em equipa;
  • Adaptabilidade e flexibilidade;
  • Facilidade em trabalhar em contextos multiculturais;
  • Iniciativa e dinamismo;
  • Dedicação.

6. Línguas

Você fala mais de uma língua? Isso pode ser um grande benefício para o seu futuro empregador! especifique no currículo junto com o nível (básico, intermediário, avançado, fluente).

7. Cursos complementares

Inclua aqui os cursos extracurriculares, como o curso de informática. Exemplo:

  • Curso de informática básica, no Centro de Informática da UEM;
  • Curso de Inglês 4° nível, no Instituto de Línguas;
  • Curso de secretariado, na Tecnicol Moçambique.

 

Modelos de Currículos para pessoas sem experiência profissional

 

Modelo de Currículo sem experiência profissional 1 [BAIXAR]

Modelo de Currículo sem experiência profissional 2 [BAIXAR]

Modelo de Currículo sem experiência profissional 3 [BAIXAR]

Modelo de Currículo sem experiência profissional 4 [BAIXAR]

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.